Rede La Salle
Fale Conosco
Conheça as instituições de Educação Superior

Descubra qual a faculdade mais rápida de se formar

Confira aqui!

Diz a sabedoria popular que “tempo é dinheiro”. Na prática, o ditado costuma fazer muito sentido, principalmente nas relações custo x benefício e investimento x retorno. Não é à toa que a busca por faculdades mais rápidas para se formar cresce tanto quanto a oferta de graduações de curta duração.

Explicamos: um dos principais motivos que levam as pessoas a investir num curso superior é ter sucesso profissional e uma boa colocação no mercado de trabalho, correto?

Existe uma demanda por formações que promovam isso em menos tempo, inclusive para que, após, seja possível investir em outros direcionamentos profissionais. E, se existe demanda, existe a oferta.

Se você quer saber quais são esses cursos e como fazer, acompanhe esse post com todas as informações necessárias para se formar e ter resultados em menos tempo.


Qual o tempo de duração das faculdades?

O tempo de duração das faculdades tem muito a ver com a sua complexidade e objetivos. Existem três graus diferentes para cursos superiores no Brasil: bacharelado, licenciatura e tecnológico.

Os bacharelados costumam ser mais longos pela própria densidade dos conteúdos. Eles têm uma média de quatro a seis anos para a conclusão.

Os cursos de licenciatura (conhecidos pela formação de professores) geralmente podem ser concluídos em até quatro anos. Os mais curtos são os cursos de grau tecnológico, que costumam durar entre dois e três anos.

 


Faculdades de curta duração têm a mesma credibilidade? 

A resposta é muito simples: sim! Os cursos tecnológicos são caracterizados pela formação de profissionais que atendam às necessidades emergentes do mercado. Por isso, os cursos são mais voltados aos conhecimentos práticos e pontuais. Não deixam a teoria de lado, mas concretizam o conhecimento de forma mais dinâmica.

Curtos, porém, de responsabilidade. De tempo em tempo, o Ministério de Educação e Cultura – MEC, atualiza a lista dos cursos tecnológicos que podem ser ministrados no país.

 

Cursos tecnológicos: quais são e onde fazer

 

Hoje, existem mais de 100 cursos habilitados com as respetivas normas que devem ser observadas pelas instituições de ensino. Você pode conferir a lista aqui.

 Eles são organizados em eixos de conhecimento:

– Ambiente e Saúde

– Controle e Processos Industriais

– Desenvolvimento Educacional e Social

– Gestão e Negócios

– Informação e Comunicação

– Infraestrutura

– Militar

– Produção Alimentícia

– Produção Cultural e Design

– Produção Industrial

– Recursos Naturais

– Segurança

– Turismo, Hospitalidade e Lazer

 

Enquanto conhece os cursos, pode ir pensando em outro aspecto importante: como fazer isso? 

Tempo é dinheiro!


Inúmeros cursos listados se enquadram no tempo mínimo estabelecido por lei, que é de 1.600 horas. Essa carga pode ser concluída em até dois anos. Porém, o que é bom ainda pode melhorar: se você incluir organização e planejamento, o curso pode ser melhor aproveitado e dar retorno antes do previsto. 

Além dos graus (bacharelado, licenciatura e tecnológico), os cursos podem ser feitos em diferentes modalidades: EaD e Presencial. Pegue a calculadora e faça as contas: quanto você gastaria em deslocamentos que poderia ser revertido em disciplinas? São jeitos de terminar a faculdade mais rápido ou antes do tempo.

Você pode conhecer alguns cursos EaD, em diferentes graus, clicando aqui. Assim, poderá ter uma ideia da diversidade e fazer um comparativo com as suas opções.

 

Mas, afinal, como é a modalidade de Educação a Distância?

Neste texto você descobriu que, sim, existem faculdades mais rápidas. Também já pode conhecer algumas possibilidades e comparativos para poder investir na sua carreira de forma mais assertiva.

 Estudar a distância foi uma das possibilidades apresentadas. Mas, afinal, você sabe como funciona essa modalidade? Saiba mais clicando aqui.

Faça sua inscrição
logo-lasalle-shield